Bondalti investe numa Química disruptiva e sustentável

O desenvolvimento de mais de 30 projetos e a participação e diversos consórcios focados em áreas chave da sustentabilidade marcaram a atividade da Bondalti em 2021 no campo da Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI).

A Bondalti investiu em 2021 cerca de 2,7 milhões de euros em atividades de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI), cujo valor gerado se traduziu em novo conhecimento científico e consequente capacidade de inovação. Este investimento, realizado não obstante os reflexos de uma intensa fase de pandemia, resultou na implementação de soluções que concorrem para a neutralidade carbónica das operações industriais, bem como no desenvolvimento de projetos mais disruptivos face ao seu atual perfil de negócios.

 

No total, em 2021 foram desenvolvidos 36 projetos de IDI, 58% dos quais realizados em regime de parceria. Estiveram alocados 17% dos colaboradores da Bondalti a atividades nestas áreas, bem como três doutorandos e três mestrandos.

 

O ano de 2021 ficou ainda marcado pela participação da Bondalti em diversos consórcios, nomeadamente no âmbito do Green Deal, Horizon Europe, do Portugal 2020, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), e, também, do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). O foco foi o desenvolvimento de novos processos e tecnologias para produção de hidrogénio, amoníaco e metanol verde, assim como a implementação de soluções circulares.

 

Hidrogénio Verde e refinação de lítio são eixos do desenvolvimento de novos negócios

 

A expansão da Bondalti assenta em três grandes áreas: desenvolvimento da área core da química industrial, consolidação da nova área tratamento de águas - a qual agrega as competências da Enkrott e da Aema, que recentemente passaram a integrar o grupo - e desenvolvimento de novos negócios.

 

No âmbito desta última, a companhia está focada exclusivamente na via do desenvolvimento sustentável. Hidrogénio Verde e refinação de lítio – maximizando a experiência adquirida no processo de eletrólise – representam duas das áreas-chave nas quais já identificou oportunidades.

 

Temas como a Indústria 4.0, descarbonização, eficiência energética e integração com renováveis, entre outros conceitos, estão em fase de efetivação prática na indústria química, continuando a constituir desafios que se projetam no futuro e que vão exigir Inovações mais disruptivas – as quais, com o contributo da Bondalti, se integram no propósito de criar uma química inovadora e sustentável que contribua para um mundo melhor.

Este site utiliza cookies da Google para disponibilizar os respetivos serviços e para analisar o tráfego. O seu endereço IP e agente do utilizador são partilhados com a Google, bem como o desempenho e a métrica de segurança, para assegurar a qualidade do serviço, gerar as estatísticas de utilização e detetar e resolver abusos de endereço.