Bondalti estabelece parceria para refinação de lítio

A Bondalti celebrou um acordo de cooperação com a australiana Reed Advance Materials, com vista à construção de uma refinaria de lítio em Estarreja e à comercialização na Europa de um processamento ambientalmente sustentável desta matéria-prima.

A Reed Advance Materials (RAM) é a detentora de um novo processo de purificação de lítio usando o método de eletrólise, denominado ELi®, que se destaca pela menor pegada carbónica. A Bondalti, por seu lado, domina a tecnologia de eletrólise, que confere elevados padrões de sustentabilidade ambiental à indústria do cloro-álcalis, do qual a empresa portuguesa é a maior produtora ibérica em capacidade instalada.

 

O projeto, que faz parte das Agendas Mobilizadoras do Plano de Recuperação e Resiliência, prevê um investimento compartilhado de cerca de quatro milhões de euros para a construção e operação de uma refinaria de lítio na unidade de produção de cloro-álcalis da Bondalti em Estarreja.

 

A refinaria proposta será a primeira operação comercial a usar o processo ELi® da RAM, que consiste num método de purificar uma solução aquosa de lítio (cloreto de lítio) para produzir hidróxido de lítio em células convencionais de cloro-álcali (eletrólise).

 

A tecnologia, que reduz radicalmente a necessidade de reagentes, representa uma oportunidade para um passo em frente na sustentabilidade ambiental, custos operacionais e de capital. A flexibilidade do processo permite a produção doméstica de compostos químicos de lítio a partir da conversão de matéria-prima europeia e concentrados de salmoura importados, assegurando uma cadeia de fornecimento local de lítio ética e resiliente para a indústria de baterias de automóveis elétricos.