COMPROMISSO COM A NATUREZA

No âmbito da sua política de sustentabilidade e responsabilidade social, a Bondalti assinou um protocolo de colaboração com a Associação Nacional de Proprietários Rurais, Gestão Cinegética e Biodiversidade (ANPC) no qual se compromete a apoiar financeiramente a recuperação do habitat para o lince ibérico e a águia imperial em três mil hectares da serra de Serpa, no Alentejo.

“A proteção da biodiversidade é um dos temas em que a Bondalti atua”, refere João de Mello, Presidente do Conselho de Administração da empresa, reforçando ainda que “esta preocupação deverá ser um desafio permanente da nossa agenda, para promovermos um mundo melhor e mais sustentável”. É nessa agenda que este novo projeto se insere, intervindo na gestão ativa de uma vasta área natural e rural, que encerra o potencial para acolher duas das mais emblemáticas e prioritárias espécies da fauna ibérica: o lince e a águia-imperial.

 

A zona de intervenção, que dá pelo nome de Vale de Perditos, possui uma localização estratégica para estes grandes predadores, uma vez que se encontra ao longo de um corredor ecológico natural. Além disso, está localizada em plena área de expansão das  populações de águia-imperial e a meio do triângulo formado pelo único núcleo de linces existente em Portugal (na região de Mértola, mais a sul), pelas áreas de ocorrência de linces e de reintrodução desta espécie em Espanha (a este), e pela zona onde têm vindo a ser feitos fortes investimentos para a criação de um novo núcleo em Portugal, na região de Moura-Barrancos, mais a norte.

 

O desafio é enorme, implicando resultados visíveis e palpáveis dentro de três anos. Mas cuidar da natureza e, quando necessário, dar-lhe uma ajuda para melhorar, é também a missão da Bondalti.

 

Conheça o projeto através da brochura que a Bondalti acaba de lançar. Pode consultá-la aqui.