Portugal e Espanha debatem indústria química

A Bondalti, através de dois dos seus administradores, participou numa reunião de trabalho com a Federação Empresarial da Indústria Química Espanhola, para debater a indústria química no contexto da economia portuguesa.

A Associação Portuguesa da Química, Petroquímica e Refinação (APQuímica), a Confederação da Indústria Portuguesa (CIP), a Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel (AFIA) e a Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas e Serviços (AECOPS), participaram numa reunião de análise do contexto económico de Portugal organizada pela Federação Empresarial da Indústria Química Espanhola (FEIQUE).

 

Os representantes destas organizações, entre os quais se incluíam João Fugas, administrador executivo da Bondalti, e Luís Rebelo da Silva (na foto), administrador da Bondalti e presidente da APQuímica, debateram aprofundadamente a evolução da economia portuguesa, e, nesse contexto, da indústria química, automóvel e da construção em Portugal. Em destaque estiveram as características e desafios específicos de cada uma destas indústrias, bem como os seus principais fatores de competitividade.