PREMIAR AS BOAS IDEIAS

Com a ideia “Sistema autónomo de arranque de equipamentos críticos”, Tiago Silva foi o grande vencedor da mais recente edição do programa Colombo da Bondalti.

Criar uma camada superior ao sistema de controlo, para manter os agitadores a funcionar, evitando problemas na reação. A ideia de Tiago Silva parece simples, mas demorou quase um ano a ser pensada e desenvolvida: “Apresentei esta ideia em dezembro, já mesmo na reta final, mas desde o início do ano que pensava no assunto. Fui pedindo feedback a alguns colegas, para perceber se a achavam útil, e acabei por a submeter na plataforma Colombo”, conta.

 

Agora, a sua ideia foi reconhecida com o primeiro lugar e um prémio monetário no valor de 6000 euros. “Não estava nada à espera”, confessa, “mas ver o nosso trabalho e o nosso empenho reconhecidos é sempre bom”.

 

Tiago trabalha na área da manutenção da Bondalti, na produção de anilina e derivados, há seis anos. Durante esse tempo, submeteu várias ideias e sugestões. “Já tive uma ou outra que não foram aprovadas, mas faz parte”, diz, para concluir que “o importante é não ter medo de apresentar a ideia.” Esta é, aliás, a grande vantagem que encontra na plataforma de ideias Colombo: “A plataforma cria um à-vontade para expor ideias e soluções. Quem, como eu, trabalha no chão de fábrica, é normal que não tenha contacto com os diretores dos departamentos e com as pessoas da administração. Com o Colombo, apresentamos a ideia sem nenhuma barreira. E isso é muito motivador”.

 

O Open Day Colombo 2019 contou com 14 ideias a concurso, selecionadas entre todas as submetidas durante o ano passado. Tiago Silva foi o grande vencedor, mas houve mais quatro premiados.

 

Em segundo lugar ficou a ideia de Pedro Lagoa, chefe de turno na Innovnano. Com “Doseador para crivagem a seco”, Pedro propõe a utilização de um simples balde retirado dos resíduos para efetuar o processo de crivagem a seco com ultrassons 150/32 micra. O seu prémio foi de dois mil euros.

 

Em terceiro, ex-aequo, ficaram Agostinho Freire, com “Britador com aspiração de catalisador por vácuo. Eliminação das P502”, e Dulce Silva, com “Siga a linha cor”. Cada um recebeu mil euros de incentivo.

 

“Recuperação de água nos tanques de anilina” foi proposta por Nuno Vidal, que lhe valeu o prémio de ideia mais sustentável, premiada com mil euros.

 

A edição de 2019 do Open Day Colombo teve como convidados José Luís Figueiredo e Sandra Silva, da Dow, que falaram de inovação.

 

Do lado da Bondalti, estiveram presentes João de Mello, Presidente do Conselho de Administração, e os administradores João Fugas, Luís Rebelo da Silva e André de Albuquerque.